Como simular prova de um concurso público

Por mais que você sabe muito sobre os conteúdos que vão cair na prova, até mesmo dorme e sonha com todos os conteúdos da disciplina, mas o que realmente importa no final das contas é o candidato estar realmente preparado para o dia do concurso. Praticando muitas vezes, provavelmente você vai ter mais habilidades em seu raciocínio, respondendo essas questões com mais velocidade, eliminar muito a emoção e ansiedade, administrar melhor o tempo, eliminar os famosos apagões durante as questões.

Todo mundo sabe para todo problema existe uma solução, na esmagadora maioria das vezes sim. A solução para esse problema são os chamados simulados. Se preparar com provas simuladas são a melhor alternativa para se preparar antes de qualquer situação inesperadas, de estilo de cobrança das questões do concurso, cor da caneta pedida, se perder no momento que está se dirigindo ao local da prova e até mesmo esquecer de algum documento.

Esse tipo de estratégia para realiza uma simulação da prova, tem raízes muito grandes em vestibulares, esse tipo de atividade faz o estudante conhecer na prática o seu desempenho e obter uma auto avaliação. Analisando depois qual o tempo gasto respondendo as questões, ver ser pontos fracos e depois reforçar os estudos nessas matérias, entre outros. Infelizmente no meio dos concurseiros, essa atividade não é muito adotada. Leve em consideração que essa estratégia sim deve ser aproveitada e procure cursos preparatórios que dão esse suporte.

Você quer ver quais são as vantagens de que adota simular questões da prova, vamos destacar agora as principais.

Vantagem ao fazer prova simulada:

Vantagens de fazer um simulado

Obter uma avaliação da metodologia e estratégia de estudo que foi adotada. Se não tiver lhe proporcionando um bom resultado sugerimos altera-la.

Analisar qual foi o tempo gasto aproximado de cada matéria e também do momento gasto com o preenchimento do cartão resposta. Os resultados obtidos com esse controle de tempo é a diminuição de estresse e ansiedade.

Saber qual é o estilo que a banca utiliza nas provas, como por exemplo no número grande de alternativas de múltipla escolha, certo ou errado, entre outras.

Avaliar quais são as matérias que mais acertou e que mais errou, utilizando esses dados para otimizar a qualidade do estudo, estudando mais tempo nas matérias que teve menores resultados e diminuindo matérias com altos níveis de acerto.

Identificar com mais facilidade e raciocínio questões do enunciado, detectando também muitas pegadinhas escondidas na prova. Alternativas que tem os famosos, não, apenas, exceto, correto ou incorreto.

Percebemos que essa estratégia proporciona uma forma bem simples de nos avaliar, mostrando em detalhes como está sua evolução em todos os momentos de estudo. Ter noção também de como funciona o processo de um concurso público.

Confira clicando aqui sobre um Guia Passo a Passo Para Passar em Concursos Públicos.

Você não precisa ser um expert em concurso público para desenvolver uma simulação de uma prova, na verdade esse processo é bem simples e vamos mostrar todos os detalhes agora.

Passos para elaborar um simulado:

  1. Faça o download pela internet de no mínimo cinco provas atualizadas que ainda não realizou, lembre-se também que elas devem ser todas da mesma área de seu concurso escolhido e da mesma organização.
  2. Faça uma avaliação de como a banca avaliadora faz a distribuição das matérias. Um exemplo de como você pode ser feito: 55 questões (Técnico Judiciário – TRE-RS/2016 – FCC): 7 – Português, 04 – Informática, 04 – Arquivologia, 10 – Direito Constitucional; 10 – Direito Constitucional, 10 – Direito Eleitoral, 10 – Administração.
  3. Construa a prova fazendo recortes e depois colando, classifique também com seu editor de texto a sequência de questões mais utilizada pela banca. Lembrando que se você vai fazer um concurso do nível médio insira também a redação, porque cada vez mais está sendo cobrado nas avaliações.
  4. Desenvolva com a máxima precisão um cartão-resposta. Para que seja gasto realmente o tempo de marcação da prova original.
  5. Um local bem apropriado para você treinar é uma biblioteca, de preferência que tenha bastantes estudantes no momento. A biblioteca tem características muito parecidas com os locais das provas, onde há muitas pessoas, tem um silêncio bem profundo, esses mesmos estudantes possuem aspectos de concentração, iluminação favorável. Prefira também o horário da manhã e da tarde.
  6. Concentre em fazer tudo que irá acontecer no momento do concurso, simulando o intervalo para ir ao banheiro, horário para começar, desligar completamente o Smartphone, e levar até mesmo um lanche e uma água.
  7. No momento que estiver finalizando a prova, faça exatamente igual aconteceria, pegue seus materiais e saia, depois com muita tranquilidade analise seu gabarito e veja o resultado. Por mais que não seja uma prova oficial, essa estratégia mostra seus principais erros cometidos, que consequentemente podem ser corrigidos.

Conclusão

Fazendo técnicas de simulações, você vai reproduzir fielmente o dia da sua prova. Essas atividades vão tranquilizar muito o momento do teste oficial, deixando você administrar as questões com muito mais habilidade, será tudo mais calmo, também estará muito mais treinado, pois os maiores erros foram corrigidos na hora dos estudos. Pode ter certeza que você vai estar um passo à frente de seus concorrentes, até mesmo se comparado com os mais preparados.

Se você está procurando um curso completo para ser aprovado em concurso públicos então conheça mais detalhe sobre ele clicando aqui.

Como simular prova de um concurso público
Rate this post

Comments are closed.